Dia do chef
Dia do chef

O dia do chef é celebrado com fotos postadas nas redes sociais mostrando situações de trabalho duro e até degradantes. Até quando?

por Arthur R. Lazzarotto

O dia 10 de maio celebra o dia do cozinheiro(a) e o dia do chef…. E eu não vejo sentido nessa celebração.

Pelo que acompanhei nas redes sociais, essa comemoração constitui, basicamente, de pessoas postando fotos em situações de trabalho duro ou até degradantes, seguidas de legendas com um parabéns “para você que trabalha 12 horas”, ou para “você que sacrifica o tempo com sua família para cozinhar”… Ou “você que dorme pouco e trabalha dois turnos” e ainda, “você que às vezes nem tem tempo de comer ou ir ao banheiro”. 🤷‍♂️

Eu não entendo… Além da precariedade gritante e da exploração, onde está a parte que devemos nos orgulhar? Parece que muitos querem se sentir parte da obra Cozinha Confidencial de Anthony Bourdain sem pensar nela como um relato das dores e sofrimentos que o falecido chef passava.

Essas datas deveriam ser dias de debates, eventos e marcos pela busca de uma indústria da hospitalidade melhor. Porém, tudo que é fazemos é postar fotos comendo em cima de uma lixeira e nos orgulhando da precariedade da profissão!

A gastronomia é uma profissão antiga mas, com treinamento e estudo formal muito recente. A oferta de cursos de gastronomia tem apenas 20 anos de existência no Brasil, e sabemos que a maior parte da mão de obra em cozinha possui treinamento informal. Muitos negócios são tocados por necessidade e não por planejamento, ou conhecimento prévio do setor da hospitalidade. A profissão de cozinheiro nem é regulamentada no nosso país! Assim como muitos restaurantes costumam fechar nos primeiros 3 anos de operação, a maior parte dos estudantes de gastronomia desistem de completar os 2-4 anos de formação.

COMO MUDAR ISSO??

Esses não são desafios únicos da gastronomia brasileira, eu sei… O portal americano Eater frequentemente apresenta conteúdo crítico sobre as condições da indústria, sobre empreendedores e funcionários em busca de melhorias , sobre os diversos dilemas da indústria, além de entrevistas com chefs renomados ou trabalhadores da indústria discutindo as condições de trabalho.

Onde estão os líderes da indústria brasileira buscando melhores condições? Onde estão as revistas especializadas fazendo reportagens sobre esse conteúdo? Grandes eventos parecem apenas discutir e promover ingredientes, técnicas, prêmios, equipamentos … E as pessoas que fazem essa indústria se encaixam onde? O racismo, machismo e homofobia presentes nas cozinhas? A gigante rotação de funcionários e abandono da profissão? O desenvolvimento de novas formas de gestão, renda…?

Eu sei que podemos fazer melhor, acredito que você também acredite nisso. Não basta poucos discutirem o tema ou, uma vez ou outra alguém comentar o assunto em entrevista ou live no instagram. Não nos falta força de vontade e inspirações, não é mesmo?

Eu gostaria muito de ver um evento onde chefs, homens e mulheres ,compartilhassem suas experiências para tornar seus restaurantes lugares de trabalho melhores, mais sustentáveis para seus empregados, para seus fornecedores e seus objetivos financeiros como empresa. Lutando sozinhos e isolados, nossa indústria não chegará a lugar nenhum a não ser aumentar as histórias de fracassos. Ainda acredito que podemos mudar para melhor, mas temos muito chão até lá.

E você, o que pensa disso?

 

fotos: Johnathan MacedoZahir Namane | unplash

PARA REFLETIR

Clientes ou Likes, quem paga a conta do restaurante?

Clientes ou Likes, quem paga a conta do restaurante?

Você cozinha para os seus clientes ou pelos likes?
Saiba mais
Se não mudarmos rápido a indústria nos mudará?

Se não mudarmos rápido a indústria nos mudará?

A busca por uma dieta mais sustentável é parte da solução mas não a única. Cozinheiros e cozinheiras precisam tomar as rédeas do processo ou a indústria fará por nós.
Saiba mais

PROJETOS PARA INSPIRAR

IV COMPARTIR | O poder do afeto na confeitaria

IV COMPARTIR | O poder do afeto na confeitaria

A quarta edição do Compartir, um dos principais eventos de confeitaria do País, reuniu uma gama diversa de participantes em torno do tema: o poder do afeto na confeitaria.
Saiba mais
Doce Brasil #projetodoceBrasil

Doce Brasil #projetodoceBrasil

Para descobrir nossa doce identidade e compreender melhor o que é doçaria e confeitaria no Brasil, vou percorrer todo o país em busca das respostas. Na primeira temporada caçamos frutas nativas e nos jogamos nas quitandas mineiras!
Saiba mais
Translate »