Delivery de Sobremesa
Delivery de Sobremesa

Com os restaurantes fechados confeiteiros usam da criatividade para seguir oferecendo suas sobremesas e fortalecendo o elo com seus clientes.

por Joyce Galvão - 17/05/2020

Com a imposição do isolamento social por conta do COVID-19 restaurantes precisaram se adaptar rapidamente ao novo cenário para não ter que fechar, definitivamente, as portas.

A pandemia alterou a maneira como nos alimentamos agora, durante os dias de confinamento e, se o isolamento social levou muita gente para a cozinha, por outro lado, tornou possível trazer para dentro de casa os nossos restaurantes favoritos.

As sobremesas não ficaram de fora e entraram no esquema de delivery para acompanhar as refeições, como é o caso do restaurante Charco. A chef confeiteira Nathália Gonçalves passou a oferecer aos clientes do restaurante as sobremesas mais queridas pelos clientes. O lançamento ficou por conta da sobremesa Cacau e suas variações que é composta por seis elementos, dentre eles o sorvete de mel de cacau (com direito a chorinho!).

A proposta de Nathália é que você seja chef por um dia e tenha oportunidade de montar a sua própria sobremesa em casa. Para isso todos os elementos que compõe a sobremesa são embalados individualmente e um folheto com o passo a passo detalhado acompanha a entrega! Quem quiser pode até arriscar a fazer uma quenelle!!!

A proposta de oferecer sobremesas empratadas para serem montadas em casa também foi a solução encontrada pelo CODA Dessert Dining (duas estrelas Michelin) em Berlim. Através do site do restaurante é possível encomendar com facilidade vinhos, dragees e as sobremesas do chef René Frank que entrega pessoalmente os produtos, com retirada no local. O Molten Buckwheat Chocolate Cake (foto capa | crédito ) e a Bergkäse tart são as opções atuais oferecidas pelo CODA @Home.

No México, Guadalajara, a restaurante de sobremesas La postreria também iniciou o serviço de entrega de sobremesas empratadas com opções bem complexas e desafiadoras como o Cacotal, composto por onze elementos, dentre eles uma mousse no formato do fruto.

Por mais que o cenário atual seja de medo e incertezas, chefes de todo o mundo tem entrado na casa das pessoas criando uma relação mais pessoal e afetiva, ao invés de simplesmente entregar um prato de comida.

Buscando estender a experiência do restaurante entregando a possibilidade do próprio cliente montar sua sobremesa, esse modelo de entrega cria um novo relacionamento e faz com que o público enxergue o estabelecimento não apenas como um lugar, mas como uma marca com a qual podemos criar um elo, mesmo isolados em casa.

 

imagem capa: CODA – divulgação

Confira outros conteúdos relacionados

IV COMPARTIR | O poder do afeto na confeitaria

IV COMPARTIR | O poder do afeto na confeitaria

A quarta edição do Compartir, um dos principais eventos de confeitaria do País, reuniu uma gama diversa de participantes em torno do tema: o poder do afeto na confeitaria. por Constance Escobar  fotos Katiuska Salles
Saiba mais
Resiliência e criatividade em tempos de Coronavírus

Resiliência e criatividade em tempos de Coronavírus

Como o setor de confeitaria está se movimentando para minimizar os impactos do isolamento social necessário para aplacar a Covid-19
Saiba mais
Translate »