Churros com doce de leite
Churros com doce de leite

Churros com doce de leite

Essa massa, prima da pâte à choux francesa, rende churros leves e irresistivelmente crocantes. Um mergulho em doce de leite quentinho e pronto: o pecado está consumado!

por Joyce Galvão - 18/09/2017

ESSA RECEITA

. RENDE 12 CHURROS DE 14CM

 

. SERVE 4 PESSOAS, MAS CÁ ENTRE NÓS: VOCÊ VAI COMER TUDO SOZINHX!

 

JOYCE, PODE ASSAR? – VOCÊ ME PERGUNTA? SE ASSAR VIRA CHOUX ASSADA, POIS O PROCESSO DE PRODUÇÃO É O MESMO. O QUE FAZ UM CHURRO SER UM CHURRO É JUSTAMENTE O PROCESSO DE FRITURA! SE JOGA, BENÇA!

INGREDIENTES

AH!

O fermento vai deixar seus churros mais leves e menos “massudo”! Se preferir, pode omitir da receita…

MASSA

    • ¼ xícara (chá) | 60mL
      leite integral
    • ¼ xícara (chá) | 60mL
      água filtrada
    • ¼ xícara (chá) | 55g
      manteiga sem sal
    • 1 ¼ xícara (chá) | 150g
      farinha de trigo tipo 1
    • 2 unidades | 100g
      ovos médios
    • 1 colher (sopa) | 12g
      açúcar refinado
    • ¼ colher (chá) | 1g
      sal refinado
    • 1 colher (chá) | 5mL
      extrato de baunilha (opcional)
    • ½ colher (chá) | 2g
      fermento químico em pó (opcional)

AH!

Noz-moscada dá uma bossa bem gostosa pros churros!

PARA POLVILHAR

    • ½ xícara (chá) | 90g
      açúcar refinado
    • 1 colher (chá) | 3g
      canela em pó
    • ½ colher (chá) | 1g
      noz-moscada (opcional)

PARA FRITAR

    • óleo de milho ou girassol, quanto baste

COMO PREPARAR

AH! Atenção!!!

Não bata muito a massa na batedeira para não deixa-la elástica, apenas o suficiente para homogeneizar.

    • Em uma panela junte a água, o leite, açúcar, manteiga e pitada de sal. Leve ao fogo médio até ferver.
    • Quando ferver junte a farinha de trigo de uma só vez e misture até a massa ficar homogênea e desgrudar da panela.
    • Cozinhe a massa por pelo menos dois minutos, buscando secá-la bem para que não estoure durante a fritura.
    • Retire a massa da panela e leve à batedeira.
      Em velocidade baixa, com a raquete, bata a massa até que todo o vapor saia (esse passo é importante, pois se a massa estiver muito quente ela não absorverá os ovos necessários e ficará pesada – quanto mais ovos mais leve!).
    • Junte os ovos, que devem estar em temperatura ambiente, um a um.
    • Por fim junte o fermento e o extrato de baunilha.
    • Retire a massa da batedeira e transfira para um saco de confeiteiro com o bico estrela (sugestão: bico estrela 2D da Wilton) ou para uma máquina de churros caseira. Reserve.

FINALIZAÇÃO

FINALIZAÇÃO FINALIZAÇÃO

Faça o teste!

Adicione uma bolinha pequena de massa ao óleo. Se em 30 segundos ela ficar dourada, sem queimar, pode começar a fritar os churros!

    • Em uma panela de boca larga aqueça o óleo a 170 °C e frite os churros por imersão.
    • Aperte o saco de confeiteiro e corte a massa no comprimento desejado, com o auxílio de uma faquinha ou tesoura passada em um pouco de óleo, diretamente sobre o óleo.
    • Retire os churros do óleo assim que estiverem dourados (cerca de 3-4 minutos), escorra em papel toalha
    • Passe os churros ela mistura de açúcar e especiarias, batendo levemente para retirar o excesso.
    • Sirva imediatamente com uma porção generosa do doce de leite de sua preferência.

SAIBA MAIS

Difícil encontrar quem não goste de churros, ainda mais se servidos quentinhos com uma generosa porção de doce de leite.

 

Diz a lenda que os chineses são os donos da receita. Por lá existia o you tiao (diabo frito), uma massinha salgada e frita servida em pares no café da manhã, que remetia a Qin Hui e sua esposa, traidores do general Yue Fei.

 

Os portugueses, quando estiveram por lá, levaram a ideia para a Europa e acrescentaram o açúcar – mas tiveram que adaptar a receita e o formato, já que o imperador chinês havia tornado crime passível de pena de morte para qualquer um que revelasse a técnica aos estrangeiros.

 

Popularizada na terra dos nossos colonizadores foi a vez dos espanhóis desenvolverem o formato estrelado (e posteriormente o acompanhamento com chocolate quente bem cremoso). Daí veio a colonização do continente americano e a ideia se espalhou chegando até o Brasil, onde o docinho ganhou recheios dos mais variados tipos!

FICA A DICA

Que tal churros de chocolate? Para isso retire da massa 20g de farinha de trigo e acrescente 10g de cacau em pó!

PARA ACOMPANHAR SEUS CHURROS

Doce de leite caseiro

Doce de leite caseiro

Doce de leite leva apenas dois ingredientes, nada mais. O segredo para um doce cremoso? Paciência, muita paciência!!!
Saiba mais
Calda de caramelo com mel

Calda de caramelo com mel

O mel é um anti cristalizante natural e além de ser o melhor substituto para a glucose de milho, acrescenta um sabor especial à receita. Essa calda tem uma textura grossa e pode ser utilizada para finalizar bolos, dando um visual tentador!
Saiba mais

APRENDA MAIS!

Métodos para produzir caramelo

Métodos para produzir caramelo

A calda de açúcar vai do pudim ao sorvete! Há quem fuja só de pensar em fazer caramelo, por isso antes de queimar a panela, ops!, colocar a mão na massa, aprenda a lidar com o caramelo!
Saiba mais
Qual o melhor doce de leite

Qual o melhor doce de leite

Doce de leite é uma das 7 maravilhas do mundo da confeitaria! Existem marcas sensacionais espalhadas pelos quatro cantos desse mundo, com características próprias e texturas variadas. Mas será que existe melhor?
Saiba mais
Translate »