Christmas pudding
Christmas pudding

Essa receita é muito similar ao tradicional pudim inglês: composto de frutas secas misturadas em uma massa que desmancha na boca. Depois embebido em uísque e flambado, provoca um lindo efeito visual: uma apoteose na ceia natalina!

por Joyce Galvão - 21/10/2019

ESSA RECEITA

. SERVE DE  6 A 8 PESSOAS

 

. É MUITO MAIS QUE UM PUDIM, É UM ESPETÁCULO VISUAL E AROMÁTICO QUE VAI ENCANTAR SEUS CONVIDADOS NA CEIA DE NATAL!

 

. A MARAVILHOSIDADE DESSA RECEITA É QUE ELA PODE SER FEITA COM MUITA ANTECEDÊNCIA. LOGO, NÃO HÁ DESCULPAS!

INGREDIENTES

AH!

Cereja maraschino, figos secos, nozes… tanto faz! Se não encontrar alguma das frutas, pode substituir 500g de frutas diversas, como preferir! Ah! Gengibre cristalizado fica um arraso na receita. Traz frescor e um aroma deliciso! Mas nem sempre é fácil de encontrar…
Para diminuir custo 240g (2 xícaras de chá) de frutas cristalizadas fazem o papel com muito estilo!

MASSA

    • 10 unidades | 100g
      damasco seco
    • 1 xícara (chá) | 150g
      uvas-passas brancas
    • 1 xícara (chá) | 150g
      uvas-passas pretas
    • 18 unidades | 105g
      tâmaras sem caroço
    • ½ xícara (chá) | 85g
      amêndoas torradas
    • ½ xícara (chá) | 120mL
      vinho (ou conhaque)
    • 1 xícara (chá) | 120g
      farinha de trigo (tipo 1)
    • ½ xícara (chá) + 2 colheres (sopa) | 75g
      farinha de rosca
    • ¼ xícara (chá) | 45g
      açúcar refinado
    • ¼ xícara (chá) | 55g
      açúcar mascavo
    • ½ xícara (chá) | 110g
      manteiga sem sal
    • 1 colher (chá) | 5g
      fermento químico em pó
    • ½ xícara (chá) | 120mL
      leite integral
    • ½ colher (chá) | 1g
      noz-moscada
    • ½ colher (chá) | 1g
      canela em pó
    • ½ colher (chá) | 2g
      raspas de limão (laranja ou tangerina)
    • 2 unidades | 100g
      ovos médios
    • 1 colher (chá) | 5mL
      extrato de baunilha

AH!

Sabe o que combina muito bem com essa receita? Alecrim! Para decorar ou misturar picadinho na massa do pudim. Folhas frescas, ok?

COBERTURA

    • 2 ½ colheres (sopa) | 25g
      manteiga derretida
    • ½ xícara (chá) | 40g
      açúcar de confeiteiro (glaçúcar)
    • ½ colher (chá) | 2,5mL
      uísque (ou conhaque)

AH!

Esse é o momento do ápice natalino. O pudim DEVE ser flambado à mesa diante da plateia!

Só cuidado para não colocar fogo no cabelo da sua tia!!!!

FLAMBAGEM

    • ¼ xícara (chá) | 60mL
      uísque, conhaque, xerez… sua bebida preferida!
Amêndoas, damascos e tâmaras
Christmas pudding
frutas_cristalizadas
xmas_pudding
Christmas pudding

FICA A DICA

Essa receita é rápida e fácil de preparar, além de super prática! Você pode utilizar a própria tigela do preparo para enformar seu pudim (desde que ela possa ir ao forno). Nem louça na pia vai sobrar!

O mistério do pudding

O livro A Aventura do pudim de Natal, da escritora inglesa Agatha Christie, é composto de seis contos policiais protagonizados pelo famoso detetive Hercule Poirot e a amadora Miss Marple.

 

Uma das histórias envolve o roubo de um fabuloso rubi do príncipe de Londres. O crime só é solucionado quando Poirot se junta à família real para as comemorações natalinas e, justamente ao experimentar um típico pudim inglês, a pedra é encontrada. Restava, porém, saber quem havia colocado a joia dentro do doce. Para descobrir, leia o livro!

PREPARO ANTECIPADO!

PREPARO ANTECIPADO! PREPARO ANTECIPADO! PREPARO ANTECIPADO!
  • Junte em uma tigela todas as frutas (damasco, uvas-passas, amêndoas, etc) e deixe-as marinando na bebida por cerca de 4 horas, em local fresco, mexendo de vez em quando.
  • Tradicionalmente a bebida utilizada na massa é vinho. Mas nas altas temperaturas de dezembro a bebida fermenta muito. Por isso, o conhaque (pode ser rum ouro também) é uma ótima opção! Mas pode usar a bebida de sua preferência. Xerez, por exemplo, é outra substituição perfeita!
  • Antes de colocar a mão na massa, em uma panela grande com tampa (que feche bem) aqueça uma quantidade de água que atinja metade da altura da fôrma do pudim. Foguinho baixo, sem pressa! Curtindo o clima natalino… Deixe a água aquecer preguiçosamente!!!
  • Separe os ingredientes e mantenha-os em temperatura ambiente (cerca de 24 °C) antes de preparar a receita!
  • Quebre os ovos em uma tigelinha para verificar se estão bons, transfira para uma tigela maior e misture claras e gemas, homogeneizando com auxílio de um garfo ou fouet
  • Unte uma fôrma para o pudim: tigela de cerâmica de 1,5L (ou fôrma de alumínio de 18x15cm) com manteiga, bastante manteiga!
  • Ah! Uma dica: compre as especiarias inteiras e rale no momento do uso. Isso garante mais aroma e sabor para o seu pudim!

Então é Natal!

Natal sem música não é Natal! Eu adoro os clássicos natalinos, mesmo a Simone cantando “Então é Natal…” é tradição. Afinal, estamos falando de uma receita tradicionalíssima nas mesas inglesas e australianas. Então, nada mais justo! Aperte o play e já para a cozinha!

COMO PREPARAR

COMO PREPARAR COMO PREPARAR

MASSA

AH!

Tradicionalmente o pudim é envolvido em tecido e cozido imerso em água, por cerca de 4 horas. Depois pendurado em local fresco para secar. E, na noite de Natal reaquecido pelo mesmo processo.

Também pode ser feito no forno, em banho-maria, a 180 °C por 1h30 aproximadamente.

 

    1. Na batedeira com o globo bata a manteiga com o açúcar até formar um creme claro e mais fofo.
    2. Acrescente os ovos em duas adições: junte metade, bata em velocidade média por cerca de 30 segundos, para que a emulsão se forme e então, junte o restante.
    3. Retire os ovos da batedeira e junte baunilha, noz-moscada, canela e as raspas de limão seguidas pela farinha misturada ao fermento e sal.
    4. Por fim junte as frutas marinadas junto com o líquido.
    5. Transfira a massa para a fôrma e cubra com o papel manteiga, bem coladinho na massa.
    6. Envolva a fôrma com duas folhas de papel alumínio e amarre com um barbante, bem apertado para garantir que o calor circule sem fugir!
    7. Coloque o pudim na panela, certifique-se de que a água atinge metade da altura da fôrma, tampe e cozinhe por cerca de 3 horas – em fogo médio/baixo, sem deixar a água ferver alucinadamente!
    8. Mantenha uma panela com água quente para regular a água na panela sempre que necessário. E fique de olho. Se a água secar e você estiver utilizando uma tigela de cerâmica, ela pode rachar!
    9. DICA: coloque um pano de prato limpo no fundo da panela, sobre ele o pudim e só então a água. Se a água ferver demais o pano vai impedir seu pudim de sair sambando no ritmo da fervura!
    10. Retire o pudim e desenforme ainda quente – caso esteja fazendo no dia em que ele será servido. Caso contrário, mantenha o pudim na fôrma, aguarde esfriar e mantenha refrigerado até o Natal!

COBERTURA

    1. Bata a manteiga com o açúcar na batedeira, com a raquete, até formar um creme claro e o açúcar se dissolver.
    2. Junte o uísque (ou a bebida de sua preferência) e bata por mais um minuto, até incorporar.
    3. Reserve.

COM PRESSA

Para os apressados, a dica é: no preparo, simplesmente junte tudo em uma tigela, sem marinar as frutas, sem bater manteiga com açúcar… Só misture tudo, transfira para a fôrma e asse no forno. O resultado muda, claro, mas dá certo, super certo!  Esse é o jeito medieval e tradicional de se preparar pudding!

FINALIZAÇÃO

OU…

Para outros efeitos, você pode colocar a bebida em uma panela e então, com auxílio de um fósforo, flambar e despejar a bebida em chamas sobre o pudim. Muito mais pirotécnico que isso, só os fogos de artifício do Ano Novo!

    1.  Se você preparou a sobremesa com antecedência, retire o pudim da geladeira e aqueça em forno pré-aquecido a 180 °C, por cerca de 10 minutos, antes de cobri-lo com a bebida.
    2. Retire do forno e desenforme ainda quente. Coloque um prato sobre a fôrma e com o auxílio de um pano de prato vire de uma vez!
    3. Banhe o pudim com uísque (ou a bebida desejada) e acenda as chamas que provocarão o “ohhhh!” da galera!
    4. Assim que as chamas se apagarem cubra o doce com o fondant de açúcar OU deixe o creme em uma tigelinha para os convidados se servirem da quantidade desejada.
    5. Feliz Natal!

HORA DO SHOW

O Christimas pudding é um show a parte na sua ceia! Flambe à mesa diante da plateia! Além do espetáculo o recurso ajuda a acentuar o sabor do álcool (ao invés de elimina-lo como muita gente pensa)!!! 

VOCÊ SABIA?

Na tradição inglesa as famílias preparavam seus pudins no último domingo de novembro (inverno) e penduravam em um local fresco até o Natal.

 

Na Austrália a tradição muda. Como dezembro é época de verão, as famílias preparam o pudim 2 semanas antes do Natal e mantem refrigerado até o momento da ceia. Depois basta reaquecer em banho maria por 1 hora ou, em tempos modernos, aquecer as porções individuais no micro-ondas.

É NATAL!

Veludo branco | Bolo Red Velvet com chocolate branco

Veludo branco | Bolo Red Velvet com chocolate branco

O bolo Veludo Branco possui uma massa úmida com leve sabor de cacau intercalada com camadas generosas de frutas vermelhas e mousse de cream cheese.
Saiba mais

Confira outros conteúdos relacionados

A lenda do bolo Mané Pelado

A lenda do bolo Mané Pelado

O bolo de mandioca ralada, cremoso e perfeito para tomar com aquela xícara de café tem sua origem em uma lenda bem engraçada! Vem conhecer a lenda do bolo Mané Pelado!
Saiba mais
O que é bundt cake?

O que é bundt cake?

Os formatos diferenciados chamam a atenção em qualquer mesa. Conheça a história por trás das queridinhas fôrmas da Nordic Ware!
Saiba mais
Translate »