Mané pelado: bolo de mandioca ralada (de tabuleiro)
Mané pelado: bolo de mandioca ralada (de tabuleiro)

Mané Pelado: bolo de mandioca ralada (de tabuleiro)

Mandioca, coco e queijo formam o trio perfeito nesse bolo cremoso feito tradicionalmente em tabuleiro e vendido em fatia. É um doce que não pode faltar nas festas juninas de Minas Gerais e Goiás.  Tem um nome curioso que homenageia um agricultor imaginário que – por superstição ou puro exibicionismo – colhia mandiocas… Pelado!

por Joyce Galvão - 08/09/2019

ESSA RECEITA

RENDE 1 BOLÃO QUE  SERVE 12 a 15 PEDAÇOS

 

 

VOCÊ VAI PRECISAR DE UM RALADOR BEM PODEROSO PRA FAZER ESSE BOLO E UM TABULEIRO DE 33X22X6cm

INGREDIENTES

AH!

. Mandioca no ralo grosso dá mais textura ao bolo, mas se preferir, pode sim ralar fininho!

. Substituir o queijo Canastra até pode. Mas a graça do bolo é justamente o queijo. Por isso procure um bom queijo para o seu bolo!

. Coco fresco SEMPRE. Mas se utilizar o seco, antes de adicionar à massa, deixe de molho em leite de coco.

    • 1kg | cerca de 4 unidades médias
      mandioca crua ralada
    • 1 ½ xícara (chá) | 200g
      queijo Canastra ralado
    • 4 unidades | 200g
      ovos médios
    • 1 ¾ xícaras (chá) |315g
      açúcar refinado
    • 1 xícara (chá) | 100g
      coco fresco ralado grosso
    • 2 colheres (sopa) | 24g
      manteiga derretida
    • 2 ¾ xícara (chá) | ± 700mL
      leite integral
    • ¾ colher (chá) | 3g
      sal refinado
    • manteiga e farinha de mandioca, quanto baste

ANTES DE COLOCAR A MÃO NA MANDIOCA

ANTES DE COLOCAR A MÃO NA MANDIOCA ANTES DE COLOCAR A MÃO NA MANDIOCA ANTES DE COLOCAR A MÃO NA MANDIOCA
  • Eu sei que nem todo mundo tem a tecnologia de um forno à lenha. Você pode fazer o seu bolo em um forno de convecção – a gás ou elétrico a 180 °C – mas quero que saiba que não há nada mais gostoso do que um bolo de mandioca assado com a lenha crepitando preguiçosamente!
  • Separe e pese os ingredientes. Se você estiver utilizando a medida em xícaras e colheres, leia esse texto antes!
  • Descasque a mandioca e rale, no ralo grosso. Esprema bem, apertando com as mãos, para retirar o excesso de amido. Quanto mais espremer menos amido e mais cremoso seu bolo vai ficar.
  • Rale o queijo, na mesma espessura da mandioca, e junte à mandioca ralada.
  • Ingredientes pesados? Unte a fôrma com a manteiga e então polvilhe farinha de mandioca crua ou torrada (se você não tiver problemas com trigo, pode usar farinha de trigo se preferir).
  • Envolva toda a fôrma com a farinha, vire de cabeça para baixo, de batidinhas para retirar o excesso e reserve.
  • Tudo pronto? Ah, calma… Um som sempre vai bem para animar a cozinha. Clique aqui e veja uma seleção de músicas que preparei para você curtir esse momento.
  • Agora, com tudo organizado, é hora de bater bolo!

COMO PREPARAR

COMO PREPARAR COMO PREPARAR

*AH! ATENÇÃO!

  • Quanto mais tempo o bolo assar menos cremoso vai ficar – mas é importante que fique dourado no topo! Por isso, pode colocar a grade do forno na parte mais alta.

    • Em uma tigela junte o açúcar com os ovos (quebre um ovo de cada vez em outra tigelinha e transfira para a tigela. Assim se algum estiver estragado você não perde a receita). Misture rapidamente até homogeneizar.
    • Junte a manteiga derretida e o sal. Misture novamente até obter um líquido homogêneo e bem emulsionado. Se preferir, bata tudo no liquidificador. Junte o leite.
    • Em outra tigela misture a mandioca, queijo e coco ralado. Espalhe no tabuleiro.
    • Verta a mistura de líquidos e ajuste com uma colher para nivelar a massa. O resultado é uma massaroca de mandioca com queijo imersa em uma mistura líquida de leite, açúcar e ovos. Não se assuste, é assim mesmo!
    • A mágica que vai transformar essa massa irregular em um bolo delicioso acontece quando você levar o bolo ao forno e aguardar aproximadamente 45-50 minutos. *
    • Sentiu um cheirinho bom pela casa? Retire o bolo do forno e sirva direto do tabuleiro, simples assim!

FICA A DICA

Esse bolo quente é um espetáculo! Mesmo depois de frio, aqueça rapidinho no forno, no microondas ou em uma frigideira. Acompanhe com um naco de manteiga, que vai derreter preguiçosamente e passe um café fresquinho. Eu aposto que você vai amar!

fornoalenha
bolomandioca
manepeladomobile
mandiocanaterra
folha mandioca

Esse é um bolo super brasileiro, tupiniquim mesmo, especialmente pelos ingredientes – mandioca e queijo Canastra – que é um queijo mineiro, da Serra da Canastra, com origem controlada e é patrimônio cultural imaterial brasileiro!!! Quanto orgulho!

É importante saber escolher a mandioca: a cor deve ser branca e homogênea, sem manchas escuras ou amarelas e com bastante umidade, que é comprovada pela casca se soltando com facilidade!

O queijo tem que ser Canastra – que já pode ser encontrado com facilidade em todo o Brasil, para nossa felicidade, pois é um queijo delicioso! Tá bom, tá bom… Para quem não é de Minas, se não achar o Canastra (depois de ter procurado muito hein!?), pode substituir pelo queijo meia cura – mas já aviso, o sabor muda compleeeetamente!

E o charme desse bolo está em ser feito e servido no tabuleiro, como na “barraca da fatia” nas comemorações juninas, de Minas Gerais!!!

Não contém glúten, e para intolerantes à lactose, substitua o leite, por leite de coco. Ou, para quem quiser só um saborzinho a mais de coco, substitua parte do leite.

Se quiser um bolo mais ‘cremosin’ diminua a quantidade de mandioca e leite pela metade!

A curiosidade bateu e você quer saber por que o bolo se chama Mané Pelado? Eu conto a lenda desse bolo aqui.

APRENDA MAIS!

A lenda do bolo Mané Pelado

A lenda do bolo Mané Pelado

O bolo de mandioca ralada, cremoso e perfeito para tomar com aquela xícara de café tem sua origem em uma lenda bem engraçada! Vem conhecer a lenda do bolo Mané Pelado!
Saiba mais
A origem da festa junina

A origem da festa junina

Você sabe a origem da festa junina? Do ritual profano ao baião. Do milho, mandioca e pinhão. São lendas e misturas que hoje, fazem dela, uma das maiores representatividades da cultura brasileira!
Saiba mais
Translate »