Bolo cremoso de chocolate
Bolo cremoso de chocolate

Bolo cremoso de chocolate

Nem petit gateau nem brownie muito menos pudim, apenas ele, na plenitude de toda a sua delícia. Com uma tigela e pouco tempo no forno você garante uma sobremesa pecaminosa para derrubar a dieta de qualquer um!

por Joyce Galvão - 08/07/2020

ESSA RECEITA

RENDE 1 FÔRMA DE 20CM DE DIÂMETRO (OU 1 FÔRMA DE BOLO INGLÊS DE 22X10CM)

 

SERVE 6 A 8 PESSOAS

ANTES DE COLOCAR A MÃO NA MASSA

ANTES DE COLOCAR A MÃO NA  MASSA ANTES DE COLOCAR A MÃO NA  MASSA ANTES DE COLOCAR A MÃO NA  MASSA

Esse bolo cremoso de chocolate é o doce de chocolate mais maravilhoso do meu mundo! Eu sou o melhor marketing para ele e tenho certeza que depois que você experimentar vai entrar pro meu time.

 

Essa receita era para ter entrado no meu livro A Química dos Bolos, mas de tantos outros bolos que precisam entrar, esse acabou ficando de fora!

Uma das características mais deliciosas desse doce é que você pode controlar sua cocção sem nunca errar seu ponto, mais ou menos como o brownie, só que melhor ainda! Isso porque com a ausência de farinha de trigo, a textura do bolo é semelhante a de um pudim, logo com mais tempo de forno você terá um bolo mais firme e gelatinoso, quanto menos tempo você obterá algo muito semelhante a um maravilhoso petit gateau, daqueles que escorrem um interior cremoso arrebatador, e no meio termo, você chega na minha textura favorita – um doce cremoso, molinho, nem petit gateau nem brownie muito menos pudim, apenas ele, na plenitude de toda a sua delícia.

O segredo desse doce é a total ausência de farinha de trigo substituída pelo amido de milho. A gelificação desses dois espessantes é totalmente diferente e realmente só fazendo um brownie e esse bolo cremoso para entender bem o que estou falando. (Acho que nesse ponto da nossa conversa você já deve estar amarrando o avental na cintura e aquecendo o forno)

Na verdade dá para fazer essa receita de diversas maneiras: sem farinha e só com os ovos, sem ovos e só com farinha, como ovos e amido de milho (como é o caso da nossa receita que na minha opinião é a melhor opção). É importante notar que independente dos ingredientes em todas as opções temos um agente espessante, uma hora são os ovos noutra o amido do trigo ou do milho; são eles os responsáveis pela estrutura e textura da massa.

Agora: mão na massa! Já pra cozinha!!!

INGREDIENTES

AH!

Açúcar de confeiteiro é um açúcar mais fino que o refinado, quase um talco! Não é o açúcar impalpável, que contém amido em sua composição!

    • 1 ¼ xícara (chá) | 200g
      chocolate 50% cacau 
    • 1 xícara (chá) | 220g
      manteiga sem sal
    • ¼ xícara (chá) | 45g
      açúcar de confeiteiro
    • ¼ xícara (chá) | 40g
      açúcar refinado
    • ¼ xícara (chá) | 40g
      amido de milho
    • 5 unidades | 250g
      ovos médios
    • 1 colher (sopa) | 10g
      manteiga para untar
    • 2 colheres (sopa) | 16g
      cacau para polvilhar

FICA A DICA

Para que seu bolo não saia com uma crosta esbranquiçada de farinha de trigo depois de untado, prefira utilizar cacau em pó. Após untar com o auxílio de um pincel com a manteiga, polvilhe o cacau em pó e retire o excesso batendo a fôrma de cabeça para baixo.

MODO DE PREPARO

    • Preaqueça o forno a 180 °C. Unte uma fôrma de 20cm de diâmetro com manteiga e polvilhe o cacau em pó.
    • Vire a fôrma de cabeça para baixo e de batidinhas para retirar o excesso. Reserve.
    • Em banho-maria, derreta o chocolate picado com a manteiga em temperatura ambiente.
    • Em outra tigela misture com um fouet o açúcar com os ovos e o amido de milho. Reserve.
    • Junte a mistura derretida de chocolate com manteiga aos ovos misturados com o açúcar e o amido e misture com o fouet até homogeneizar.
    • Despeje a massa na fôrma e leve para assar por aproximadamente 15 minutos – o centro deve ficar mole, quase com textura de pudim. Cuidado para não assar demais o bolo e perder sua textura cremosa!!! 
    • Retire o bolo do forno e deixe esfriar na fôrma para então desenformar.
    • Se quiser servir quentinho com sorvete, 10 segundos no microondas resolvem a questão!!

SAIBA MAIS

Em uma mesma receita existem tantas variações… e nem estou falando apenas de ingredientes, mas de método de preparo!

 

Se por exemplo na nossa receita, batermos as claras em neve, reservar. Bater a manteiga com o açúcar, depois juntar as gemas, por fim o restante dos ingredientes e assar teremos um resultado bem distinto ao que proponho aqui para vocês.

 

Essa é a graça e a alegria em se cozinhar. É ciência que nos transporta para caminhos inimagináveis dentro da cozinha! Não é incrível?

SAIBA MAIS

O cacau nosso de cada dia

O cacau nosso de cada dia

Chamar todos os tipos de cacau de Forasteiro seria como dizer que todos os brasileiros são iguais. Pois as evidências genéticas falam mais... Quer saber? | por Vanessa Rizzi e Cesar Frizo da Raros Fazedores de Chocolates                                                                                                                                                  
Saiba mais
Cacau em pó e suas diferenças

Cacau em pó e suas diferenças

Você sabe a diferença entre os diversos tipos de cacaus que hoje temos no mercado? Sabe quando optar por chocolate em pó e por que evitar achocolatados? Vamos conversar sobre cacau em pó!
Saiba mais

CHOCOLATE! CHOCOLATE!

Bolo texturas de chocolates

Bolo texturas de chocolates

Nesse bolo há espaços para brincar com as variações de chocolate do interior à decoração. Um bolo com 5 texturas de chocolate pensado exclusivamente para a edição de Páscoa da Revista GULA.
Saiba mais
La cabosse de chocolat du Pérou

La cabosse de chocolat du Pérou

Em tradução literal: A cabaça de chocolate do Peru foi criada pelo chef Laurent Jeannin em 2013 para o Festival de 24 receitas festivas de chefs estrelados pelo Guia Michelin. A sobremesa é composta por uma casca de chocolate em formato de cacau, feita com chocolate peruano, recheada com mousse de chocolate, streusel e sorbet de chocolate de capim santo.
Saiba mais
Translate »