Beijinho
Beijinho

Beijinho | Branquinho

Não gourmetize o beijinho. Não tire o cravinho, não mexam no meu docinho!!! E vamos combinar: o beijinho vai muito além da festa infantil.

por Joyce Galvão - 03/05/2020

ESSA RECEITA

RENDE 30 DOCINHOS. APESAR QUE COMO EU COMI METADE DA MASSA ANTES DE ENROLAR, NÃO TENHO TANTA CERTEZA ASSIM…. ?

 

O CRAVO É OBRIGATÓRIO! SEM CRAVO NÃO É BEIJINHO!

INGREDIENTES

AH!

Não tem necessidade de usar o coco fresco… Fica mais gostoso? Claro que fica! Mas diminui muito a validade do seu docinho.

    • 1 lata | 395g
      leite condensado
    • ½ xícara (chá) | 35g
      coco seco ralado fino
    • 2 colheres (sopa) |20g
      manteiga sem sal

FICA A DÚVIDA

Com cravo é beijinho. Sem cravo vira brigadeiro?

 

Com casquinha de açúcar vira bala baiana?

 

 

FINALIZAÇÃO

AH!

Originalmente o beijinho é enrolado no açúcar cristal. Eu acho que fica doce demais! Então prefiro o coco fininho. Fica delicado e realça o sabor do docinho!!! 

    • 30 unidades
      cravo-da-índia
    • 30 unidades
      forminha para doce n° 5
    • manteiga para untar as mãos
    • ¼ xícara (chá) | 15g
      coco seco ralado fino

COMO PREPARAR

AH!

Atenção para o ponto: só inclinar a panela para verificar se a massa descola do fundo da panela não adianta! É preciso formar uma massa densa que, ao ser recolhida em um lado da panela demora a ocupar todo o espaço novamente!

    • Coloque o leite condensado, o coco e a manteiga em uma panela média, de fundo grosso e leve ao fogo baixo.
    • Mexa vagarosamente por cerca de 15-18 minutos, até o doce engrossar. Mexa com delicadeza raspando bem o fundo e lateral da panela.
    • Transfira o beijinho para uma travessa, espalhe e deixe esfriar. Pode levar para a geladeira (vai ajudar muito a enrolar o docinho com a massa gelada).
    • Coloque o coco ralado em uma travessa. Separe as forminhas e os cravinhos.
    • Unte as mãos com um pouco de manteiga e enrole uma porção de 15g de beijinho formando uma bolinha.
    • Passe a bolinha pelo coco ralado seco, cobrindo bem toda a superfície do doce.
    • Coloque o docinho na forminha e espete com um cravo. Ah! Cuidado, senão ao invés de 30 beijinhos você vai ter 20… ou 10.

SAIBA MAIS

Dos doces portugueses com mensagens sacras, como os papos de anjos, aos profanos, como os beijinhos, 60 a 80% dos doces ditos brasileiros são herança dos nossos colonizadores.

 

A tradição do beijinho chegou aos engenhos do Nordeste e se adaptou aos ingredientes locais. A receita se espalhou por todo o Brasil (no Sul recebeu o nome de branquinho) até que, no final do século XIX o leite condensado chegou ao país e os ovos, da receita original, foram substituídos. O coco também foi incorporado e assim nasceu o nosso beijinho!

 

 

 

MAIS UM DOCINHO?

Brigadeiro de baunilha e cumaru

Brigadeiro de baunilha e cumaru

Brigadeiro é a trufa brasileira! Essa versão leva chocolate branco e é perfumada com sementes de baunilha e raspinhas de cumaru!!! Uma explosão de sabores na boca!!!
Saiba mais
Tulipas de chocolate

Tulipas de chocolate

Essa é a minha receita favorita do livro Loucuras de Chocolate da Simone Izumi. Acho um bombom super delicado e que requer um pouco de dedicação para produzir, mas o esforço vale a pena!
Saiba mais

SAIBA MAIS

Quando o leite condensado virou brigadeiro? – uma história do doce mais famoso do Brasil

Quando o leite condensado virou brigadeiro? – uma história do doce mais famoso do Brasil

O primeiro registro de um método de concentração do leite data de 1827, feito na França. Mas foi só em 1853 que o leite condensado foi criado. E é aqui que começa a história do nosso brigadeiro! 
Saiba mais
S.A.C. | Brigadeiro

S.A.C. | Brigadeiro

Serviço de atendimento ao confeiteiro: tire suas dúvidas sobre brigadeiro
Saiba mais
Translate »